Os painéis fotovoltaicos podem produzir até 100% da energia exigida, gerando economia de até 95% nas faturas. Se o consumo da unidade for menor do que a energia gerada, pode ser entregue à companhia de luz e utilizada posteriormente em forma de crédito na conta de luz.

O payback – tempo necessário para pagar o investimento com a economia de energia, é em torno de cinco anos. Os painéis fotovoltaicos possuem manutenção mínima, o que reduz os custos para manter o equipamento. Além de não emitir poluentes para o meio ambiente e contribuir com o crescimento de cidades mais sustentáveis, as energias renováveis estão ganhando espaço nas construções menores, como residências e estabelecimentos comerciais.

As energias renováveis são um caminho promissor para a economia. As projeções mostram que nesse ramo estão os postos de trabalho de um futuro muito próximo. O setor de energia solar, por exemplo, promete gerar 100 mil novos empregos diretos e indiretos no Brasil até 2020. Para o mesmo ano, a estimativa é de cerca de cinco mil novas empresas criadas para atender ao crescimento da demanda por sistemas de geração de energia solar, de acordo com o Portal Solar, especialista da área.

Limpa e econômica, essa alternativa conquista cada vez mais espaço. O Centro Empresarial Terra Firme, em São José (SC), recebeu o projeto de energia solar e eficiência energética, com 222 painéis fotovoltaicos para a geração da energia solar e a substituição de 1707 lâmpadas florescentes com tecnologia convencional por lâmpadas LED e 5 luminárias de lâmpadas de descarga por tecnologia LED. O Terra Firme é pioneiro no estado na implantação destes sistemas, que agregam economia e sustentabilidade.

 

Fonte: Noticias do Dia

Categorias: Notícias

0 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.